Aquele momento que…

 

 

Erram o telefone, e a mensagem de “Delicia”, às 4h40 da manhã, vai pra você – que está bêbada e não lembra de ter passado o telefone pra ninguém, e não passou mesmo. Aí, você avisa que a mensagem foi para a pessoa errada, e ao invés de te agradecerem te perseguem, porque acham que você está de complô com o Junior, que disse que estava com diarreia, mas na verdade ele só não queria mais falar com a menina que acha ele uma delícia.

 

#ifyouknowwhatImean

Anúncios

Aguardando a primavera

But I don’t wanna to be
Just drifting through the sea of life

 

 

E aí, veio o inverno e destruiu todo o seu – quase nulo – equilíbrio emocional.

 

 

 


24 e 1/2 (e um)

E aí, dei-me conta de que eu faço conta demais.

 

Ou de menos…

 

Já posso arredondar as contas pra cima? Honestamente, não quero.

Talvez agora eu minta minha idade… Eu nem sou tão velha assim.

 

 

 

Sei lá… Passei da metade do ano, quer dizer, metade pra mim.

 

Fazendo o balanço de tudo o que se passou nos últimos 6 meses eu vejo que nada que eu pretendia que acontecesse aconteceu. E tudo se mantém igual, exceto o mundo que, nesse momento, anda bem diferente.

 

De repente o mundo nem esteja tão perdido assim.

 

Mas, enfim.



Is that I haven’t got it… (Pt. 2)

♪ Is that I haven’t got it all figured out just yet…

Você sabe muito bem porque eu me iludi.

Você sabe muito bem porque eu  fujo por aí.

Do amor  que senti, mas menti pra me proteger.

Do amor que só disse existir, pra fazer sofrer.

E nem sei porque eu insisto em conhecer

essa sensação que não passa de uma bela ilusão

Não entendo porquê eu insisto em viver

essa sensação que engana o meu coração.

E talvez eu nunca saiba pelo medo de saber,

Talvez eu nunca sinta, nunca deixe acontecer.

O amor que eu senti, mas menti pra me proteger

O amor que me fez chorar por não merecer

E nem sei porque eu insisto em conhecer

essa sensação que não passa de uma bela ilusão

Não entendo porquê eu insisto em viver

essa sensação que engana o meu coração.


Mudaram as estações.

Leia o resto deste post »


Batconselho

De repente, você sente vontade de reblogar.

Encontrei essa frase no Facebook, sem autor, com a foto de um guri vestido de Batman. Achei tão bonitinho que resolvi copiar. E agora vou sair para comprar meu bat-uniforme, porque fantasia é para os que não acreditam.

“A coisa mais importante na vida é ser você mesmo. A não ser que você possa ser o Batman. Sempre seja o Batman.” Anônimo.

Ver o post original