PS #101

Sabe quando o nome da música quer dizer tudo o que você quer dizer, mas aí, quando você vai ouvir a letra ela não quer dizer absolutamente nada??

 

O que é muito engraçado, porque é exatamente isso!

♫ Oh I got nothing, I got nothing
♪ Oh I wanted words but all I heard was nothing
♫ Oh I got nothing

 

 

#justsaying que tá foda essa vida, nessa primavera com flores congelando lá fora. 

Anúncios

#100

A vida é muito curta para se importar com tipo de detalhe que você se tornou na vida de quem quer que seja.

 

 

♥ And I’m a bad boy cuz I don’t even miss him
I’m a bad boy for breakin’ him heart

And I’m free, free fallin’
fallin’… ♪

But if you close your eyes…

Does it almost feel like
Nothing changed at all?
And if you close your eyes,
Does it almost feel like
You’ve been here before?
How am i gonna be an optimist about this?
Meio que, de repente, você sabe que apesar de tudo nesse vida ser válido para alguma coisa em algum momento…
A culpa de todo o tempo que você perdeu é unica e exclusivamente sua.
Escrevi um texto enorme, mas na verdade eu só queria admitir que eu sou culpada.
#sextaFEIA13

To whom it may concern, insert your name here…

It’s destiny that we were both born in the same year
Three months apart, but on the same sphere
Staring at the sun, inhaling the same air

 

Coincidência ou não, já se transformou em passado.

 

Mas de vez em quando uma coisa leva e outra e eu acabo lembrando… Como não?

 

 

 

 


Yesterday is history and tomorrow’s a mystery

Ela se apaixonou pela música,

mas a música não tinha muito a dizer pra ela, naquele momento…

 

Exceto por dois versos, que no meio da letra não faziam sentido nenhum, apesar do significado, isolado e abstrato, que se encaixa em qualquer canção.

 

Sabe? A música que ouve por aí, tem mais a dizer sobre o que você quer dizer, do que o que você diz pra quem te ouve.

 


But, honestly…

 

Sabe quando você precisa de uma música nova, não acha, e aí acaba ouvindo aquela mesma de sempre, que te faz chorar e lembrar, mas que você gosta tanto, que sorri depois??

 

 

Então…

 

 

And tonight I thank the stars
As I count my lucky scars
For everything you’ve given me

And all the wants I gave to you
Something borrowed, something blue
If you want them back
I’ll give it to you
… give it to you.

Every teardrop is a Waterfall…

Por quê?

Não tem nada a ver com o momento, mas, tudo é uma questão de ponto de vista. Sempre foi e sempre vai ser.

O problema é que parte da população é míope e precisa de algum auxílio pra enxergar direito… Sei bem.

Eu enxergo bem, exceto o futuro. Também não sei planejar, e tudo é muito “embaçado”, nesse aspecto.

Me prendo demais no presente, meio que me acostumei a ele. E aí, eu fico criticando quem se adianta… Ou quem projeta alguma coisa mais à frente.

Talvez eu tenha alguma coisa a dizer sobre estar tão errada quanto eles, mas se trata daquele ponto de vista. Hoje? Acho que estou errada sim, em partes.

Eu me arrisco pelo presente, pra não ter que… Sabe?!

Mas, é! O futuro do qual eu estava fugindo acabou se tornando presente e agora ou eu finjo que não vi, ou coloco um óculos de sol pra não prejudicar a visão.

Sabe quando você quer dar um pause? O problema é que eu dei pause há dois anos, e agora que as coisas começaram a andar de novo, eu estou com dificuldade de seguir essa onda aí…

Se vai passar? Se vai dar certo? Se eu vou fazer exatamente o que eu quero e isso vai ser um tiro no pé?

Muito provável. Vai passar sim, e dará certo desde que eu em esteja a fim de que dê. Eu sempre faço o que eu quero. Um tiro no pé hoje é um luxo que eu posso me dar. Daqui uns anos, não.

Então, é! Vam’ lá.

#Crisedos25