12/11/13

Aquele momento que você se dá conta de que o ano não acaba até que tenham fogos de artifício. Ou até que velas sejam sopradas com outros desejos…

Passados 11 meses, eu mesma já tinha deixado pra lá aquela listinha de desejos soltos pelo mundo no comecinho do ano… E fui me adiantando em pensar que esse ano já tinha acabado…

Não acabou.

Eu gosto da sensação de ter me enganado, porque apesar da imagem que fazem de mim, nunca fui das pessoas mais otimistas.  Sei bem que o mundo não é tão justo, e as coisas não são tão fáceis com gostaríamos que fosse… Mas coisas boas acontecem a pessoas boas… Ou pessoas que fazem o máximo para ser o melhor que podem para o mundo, e tudo mais… (o meu caso, acredito)…

Eu confesso, fui injusta. Eu confesso, foi um bom ano com as mudanças necessárias – até esse momento -… Eu confesso que estou com medo de tudo o que ainda vai acontecer, antes da próxima vez que eu apagar a velinha e desejar mais coisas…

Mas estou gostando de tudo o que está acontecendo…

♫ Cada dia serve pra crescer, evoluir e merecer amor.


Evolução retrógrada

Eu pensando comigo mesma, notei que a evolução precisa, necessariamente, passar pela fase retrógrada, depois de já ter evoluído até certo ponto. E assim, revivenciar algo com ideias mais amadurecidas para evoluir novamente.

É cíclico, como tudo o que acontece na vida. E que não é a vida em si, já que ela só acontece uma vez.

Eu tirei isso de um pedido besta e talvez não queira dizer nada, mas né? Fez sentido.

♫ Wait until the dust settles

You live, you learn.