Qual o limite?

O limite é a linha tênue entre ser e acontecer.

Esperar acontecer, geralmente é catastrófico… Porque quando se olha para trás, nada aconteceu e aí, o limite.

 

Mas, sabe que, às vezes, a gente passa esse limite e continua sem ser… E continua esperando.

 

 

♫ But I’m afraid your best
Wasn’t good enough.

 

Anúncios

PS #102

Se você está feliz bata palmas…

 

… Se você não está, não faça menção e não emita som, porque ninguém precisa saber.

♫ It is not enough to be dumbstruck

(Can you fill the silence?)


Ninguém morre de solidão

Mas pode morrer sozinho.

E daí que, em algum momento, talvez pela fragilidade da minha própria noção de espaço e tempo em um “agora obscuro”, a ideia de se permanecer assim, sozinha, acaba incomodando mais do que deve. E um sentimento ruim de não pertencer ao mesmo local onde há felicidade toma conta de muita coisa, ocupa mais espaço que a felicidade que eu deveria sentir, porque não há com quem compartilhar. Porque eu sempre me encontro sozinha, em algum lugar, cheio ou vazio de gente que fala ou não fala comigo.

Se todos acreditam que há uma troca que não acontece por múltiplos caminhos, como argumentar a respeito. Amor? Amor é ação. É troca ou doação. Mas dessa teoria de ‘doação’, até eu me cansei.

Às vezes há ainda ideia de que não levam nem mesmo amizade em segunda análise. Amizade acaba sendo apoio, não base, e existe diferença entre um e outro, mesmo que pela grafia que faz de uma, menos necessária e de menos importância.

E é assim que eu me sinto, às vezes, apoio, não base. Não que eu esteja certa, porque muito provavelmente é um sentimento cegado pelo todo… Tem toda uma história por trás, tem a minha própria história me acusando contra vários fatos que eu deixei passar. Era melhor deixar passar…

E não é culpa de ninguém que eu me sinta assim, afinal, sempre foi muito confortável a minha posição. E cada escolha feita, me faz lidar com uma consequência. Lidar com as consequências acaba sendo a parte mais difícil. Lidar com qualquer pessoa hoje é difícil. Estou evitando bastante esses acontecimentos.

Mas no fundo, eu gostaria que houvesse alguma parte fácil, até agora não houve.

 

No fundo eu gostaria de ser base, e não apoio. No fundo, eu deveria mudar um pouco, e deixar algumas coisas importantes na superfície.

 

Living beyond your years
Acting out all their fears
You feel it in your chest…


Mas talvez você não entenda

…  essa coisa de fazer o mundo acreditar… 

 

Desde que eu saiba que é temporário,

é seguro estar aqui.

 

Desde que eu saiba pra onde voltar

é seguro partir.

 

Mas há neblina em todo lugar

e não há para onde ir.

Como é que se pode andar

Se dá medo de cair.